logo
 

A HISTÓRIA DO MUNICÍPIO DE SOLONÓPOLE

Solonópole Ceará - CE
Histórico

Da fazenda Umari, situada numa poética e encantadora queda d'água, formada no leito por onde correm as águas mansas do riacho do Sangue nasceu o município. Por isso sua denominação antiga era Cachoeira. Em 1863, conclui-se a matriz e a 19 de dezembro começou a funcionar como paroquia. Terra de lendas e tradições revividas com carinho, foi transformando em 1870 com território desmembrado de Jaguaribe-Mirim, com o núcleo elevado à categoria. Origem do topônimo: Homenagem ao Dr. Solon Pinheiro.

Gentílico: solonopolitano

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Cachoeira, pela lei ou Resolução Provincial nº 1.093, de 19-12-1863. Elevado à categoria de vila com a denominação de Cachoeira, pela lei provincial nº 1.337, de 22-10-1870, desmembrada de Jaguaribe-Mirim. Sede no núcleo de Cachoeira. Pelo decreto estadual nº 20, de 20-04-1892, é extinta a vila de Cachoeira, sendo seu território anexado ao município de Jaguaribe-Mirim. Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Cachoeira, pela lei estadual nº 67, de 09-08-1893.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município apareceu constituído de 3 distritos: Cachoeira, São Bernardo e Flores Novas. Pelo decreto estadual nº 193, de 20-05-1931, é extinto o município de Cachoeira, sendo seu território anexado ao município de Jaguaribe-Mirim, como simples distrito. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 Cachoeira. figura como distrito de Jaguaribe-Mirim. Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Cachoeira, pelo decreto nº 1.540, de 03-05-1935, desmembrado de Jaguaribe-Mirim.

Em divisões territoriais datadas de 31-12-1936, o município aparece constituído de 8 distritos: Cachoeira, Boqueirão, Cangatí, Carnaubinha, Conceição, Flores Novas, Pasta e São Bernardo. Todos desmembrados do Jaguaribe-Mirim.

Em divisões territoriais datadas de 31-07-1937, o município aparece constituído de 8 distritos: Cachoeira, Boqueirão, Cangatí, Carnaubinha, Conceição, Flores ex-Flores Novas, Milhã, Pasta e São Bernardo.

Em divisões territoriais datadas de 31-12-1937, o município apareceu constituído de 8 distritos: Cachoeira, Boqueirão, Cangatí, Carnaubinha, Conceição, Flores, Milhã, Pasta e São Bernardo.

Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Flores, volta a denominar-se Flores Novas. Sob o mesmo decreto é extinto o distrito de Boqueirão, sendo seu território anexado ao distrito de Pasta do mesmo município de Cachoeira.

No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 7 distritos: Cachoeira, Cangati, Carnaubinha, Flores Novas ex-Flores, Milhã, Pasta e São Bernardo.

Pelo decreto estadual nº 1.114, de 30-12-1943, o município de Cachoeira passou a denominar-se Solonópole e o distrito de São Bernardo a denominar-se Tataíra.

Em divisão territorial datada de 01-07-1950, o município é constituído de 7 distritos: Solonópole, Cangati, Carnaubinha, Flores Novas, Milhã, Pasta e Tataira ex-São Bernardo. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-195.

Pela lei estadual nº 4.448, de 03-01-1959, desmembra município de Solonópole os distritos de Milhã e Carnubinha, para formar o novo município de Milhã.

Em divisão territorial datada de 01-07-1960, o município é constituído de 5 distritos: Solonópole, Cangati, Flores Novas, Pasta e Tataíra. Pela lei estadual nº 6.473, de 18-08-1963, desmembrada do município de Solonópole o distrito de Flores Novas. Elevado à categoria de município com a denominação de Flores. Pela lei estadual nº 6.428, de 15-07-1963, desmembra do município de Solonópole o distrito de Pasta. Elevado à categoria de município.

Pela lei estadual nº 6.320, de 28-05-1963, desmembra do município de Solonópole o distrito de Tataíra. Elevado à categoria de município com a denominação de São Bernardo do Ceará.

Em divisão territorial datada de 31-12-1963, o município é constituído de 2 distritos: Solonópole e Cangati.

Pela lei estadual nº 7.093, de 07-01-1964, é criado o distrito de Assunção e anexado ao município Solonópole.

Pela lei estadual nº 8.339, de 14-12-1965, o município de Solonópole adquiriu os extintos municípios de Carnaubinha, Milhã, Pasta e São José de Solonópole ex-Flores e Tataíra ex-São Bernardo do Ceará, como simples distrito.

Em divisão territorial datada de 31-12-1968, o município é constituído de 8 distritos: Solonópole, Assunção, Cangati, Carnaubinha, Milhã, Pasta, São José de Solonópole e Tataíra ex-São Bernardo do Ceará.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-01-1979

Pela lei estadual nº 11.011, de 05-02-1985, modificada pela lei nº 11.169, de 1986, desmembrado de Solonópole os distritos de Milhã e Carnaubinha, para formar o novo município de Milhã.

Em divisão territorial datada de 18-08-1988, o município é constituído de 6 distritos: Solonópole, Assunção, Cangati, Pasta, São José de Solonópole e Tataíra.

Pela lei estadual nº 11.429, de 28-04-1988, desmembra de Solonópole o distrito de Tataíra. Elevado à categoria de município com a denominação de Deputado Irapuan Pinheiro.

Pela lei municipal nº 387, de 30-12-1991, é criado o distrito de Prefeita Suely Pinheiro e anexado ao município de Solonópole.

Em divisão territorial datada de 1-07-1995, município é constituído de 6 distritos: Solonópole, Assunção, Cangati, Pasta, Prefeita Suely Pinheiro e São José do Solonópole. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alteração toponímica distrital

Cachoeira para Solonópole alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1.114, de 30-12-1943.

Fonte: IBGE

 

Deixe seu comentário

Banco de leis

Câmara Municipal de Solonópole

INSTITUCIONAL

JOAO BATISTA DA SILVA

CNPJ: 41.336.843/0001-40

RUA DR QUEIROZ LIMA, SN - CENTRO

CONTATOS

 Tel: (88)3518-1671

 camaramunicipaldesolonopole@gmail.com

 Das 07:30 as 13:30

REDE SOCIAL